Buscar
  • Dr. Sandro Calefi

A Incontinência Urinária pode ser comum em idosos, mas não é algo normal!



Incontinência urinária é a perda da urina pela falta de controle da bexiga, é mais comum em mulheres do que em homens, pode ser causada por vários problemas de saúde, uso de medicamentos e doenças da bexiga. A incontinência urinária diminui a qualidade de vida do idoso, o leva ao isolamento, depressão e piora seu estado de saúde.


Mais ou menos 15 a 30% dos idosos saudáveis têm alguma perda espontânea da urina, sendo bem maior em idosos frágeis que vivem na comunidade e ainda maior em idosos que residem em casas de repouso.


Muitos idosos com incontinência não falam da sua perda de urina por vergonha ou medo de discutirem sua situação de saúde. Por isso, é muito importante que a família esteja presente como suporte para enfrentamento dessa situação.


Os principais fatores de risco para a incontinência em idosos incluem idade avançada, sexo feminino, problemas de memória, história de cirurgias de vias urinárias, obesidade, dificuldade de locomoção e ser acamado. Além disso, posso apontar:


1. Fraqueza dos músculos da bexiga;

2. Diminuição do armazenamento de urina pela bexiga;

3. Aumento da quantidade de vezes e da vontade de fazer do xixi;

4. Diminuição da visão e da capacidade de andar mais rápido, que dificultam a ida ao banheiro a tempo;

5. Enfraquecimento dos músculos da pelve, no caso das mulheres e aumento da próstata nos homens.


Doenças como Alzheimer, Parkinson, depressão e AVC podem alterar a função cognitiva necessária para um bom controle da bexiga. Além dessas causas, a incontinência urinária pode acontecer por:


1. Estresse: quando a bexiga é pressionada por excesso de urina, crises de riso, espirros e tosse

2. Urgência: quando acontece vontade inesperada de ir ao banheiro com vazamento de pequenos volumes de xixi, ardências ao urinar e podem ser causadas por problemas nos músculos da bexiga, infecções ou pedras na bexiga.

3. Transbordamento: Acontece quando a relaxamento da bexiga permite que o idoso urine sem controle em forma de gotejamento ou jatos fracos, principalmente à noite.


A incontinência urinária aumenta o risco de quedas, prejudica o sono, pode desenvolver infecções urinárias e doenças renais, além de aumentar o risco para casos de agitação e confusão mental em idosos.


Medidas simples podem ajudar a melhorar a qualidade de vida do idoso com incontinência urinária. Listei 5 para vocês:


1. Associar o esvaziamento da bexiga à eventos como: antes sair de casa, antes das refeições e antes de dormir, por exemplo.

2. Programar fazer xixi em intervalos regulares, mesmo sem vontade de ir ao banheiro, como pela manha, tarde e a noite.

3. Pensar em usar absorventes descartáveis, fraldas noturnas ou roupas íntimas absorventes descartáveis.

4. Evitar alimentos e bebidas que tenham efeitos diuréticos.

5. Se mesmo assim, a incontinência urinária estiver sendo um grande problema, existem Medicamentos e cirurgias que auxiliam no controle da bexiga.


Se o problema está acontecendo com você ou está percebendo em algum idoso, não deixe de procurar ajuda de um profissional de gerontologia. Se a Incontinência urinária for cuidada como se deve, a qualidade de vida do idoso melhora muito.


A Incontinência pode até ser comum em idosos, mas não é normal!

Beijos no ❤ e um lindo #Envelhecimento para nós!

Dr. Sandro Calefi

Enfermeiro

Especialista em Idosos e Envelhecimento

Mestre em Saúde da Família

Consultoria de Envelhecimento Ativo e Longevidade Saudável

Consultor de Idosos e Famílias

Consultoria on-line


#incontinencia #incontinênciaurinaria #enfermagem #geriatria #gerontologia #terceiraidade #saudedoidoso #nursingnow #idoso #saude #longevidade #geriatriaegerontologia #funcionalidade #qualidadedevida #envelhecimento #enfermeiro #família #cuidador #cuidado #envelhecitude #consultoria

37 visualizações

(73) 99987-3126 (whatsApp e Cel.) / (27) 99246-7582 (whatsApp e Cel.)

Ver planos e preços

©2019 by envelhecitude. Proudly created with Wix.com