Buscar
  • Dr. Sandro Calefi

AQUI VOCÊ SE INFORMA E TIRA DÚVIDAS SOBRE O CORONAVÍRUS E A COVID-19



1. O que é o Coronavírus e a COVID-19? Tem diferências ente as duas?

Para começar, vamos fazer uma diferenciação: O Coronavírus é o VÍRUSque causa a DOENÇA chamada de COVID-19, que é uma doença gripal causada por um vírus que afeta o ser humano. A maioria das pessoas infectadas pelo Coronavírus irá apresentar sintomas de um resfriado comum, mas algumas outras irão desenvolver sintomas mais graves, principalmente idosos e pessoas com câncer, que fazem tratamento prolongado com corticoides, com HIV e transplantados.


Em 2019 foram identificadas 02 espécies de Coronavírus muito contagiosas e provenientes de animais, sendo responsáveis por surtos de síndromes respiratórias agudas graves. A Organização Mundial da Saúde, junto com os Órgãos responsáveis pela Saúde nos Países afetados estão estudando o padrão da doença, a capacidade dela matar as pessoas, seu poder de infecção e de transmissão para diminuir cada vez mais os efeitos negativos dela. Ainda não existe vacina contra o Coronavírus, por isso, é importante que sejamos solidários, tenhamos cuidado com a nossa saúde e da coletividade. Podemos contar com você?


O coronavírus só infecta os mamíferos, entre eles o ser humano, e tem alto potencial de infecção de pessoa para pessoa, podendo provocar doenças respiratórias e também intestinais. Mesmo havendo a contaminação de gado, gatos, camelos e morcego, raramente esses animais podem infectar seres humanos e se espalhar entre nós. Entretanto, já se sabe que acontece a contaminação de pessoa para pessoa, por isso é importante que tenhamos cuidado uns com os outros.


A contaminação entre pessoas começou na China e já vem acontecendo em todos os continentes do planeta. Também pode acontecer a transmissão da doença dentro das instituições de saúde, como hospitais, UPA e Unidades Básicas de Saúde, daí veio a importância de mantermos o Isolamento Domiciliar para casos mais brandos e só procurarmos as unidades de maior complexidade nos casos mais complexos e com sintomas mais severos


A contaminação de pessoa para pessoa vai acontecer pelo contato com gotículas eliminadas pelas vias respiratórias (nariz e boca) pelos doentes com COVID-19 quando eles tossem ou espirram, como acontece em pessoas com gripe comum. Há ainda a transmissão provocada por partículas muito menores que a gotícula, quando essas pessoas são submetidas à procedimentos de saúde como intubação orotraqueal, aspiração de secreção das vias aéreas e nebulização. Por isso é importante deixar os hospitais mais desafogados para os doentes com maior gravidade, evitar a contaminação de pessoas saudáveis e dos profissionais de Saúde, bem como, equipe de Serviços Gerais, Recepcionistas e Seguranças desses locais.


A contaminação acontece após contato com menos de 2 metros de uma pessoa sadia com outra doente ou por um período superior a 15 minutos em local com o “ar contaminado”. Além do ar, o contágio pode acontecer quando tocamos em superfícies e objetos contaminados pelas pessoas com a COVID-19 como canetas, maçanetas, portas, paredes, mesas, cadeiras, corrimões, dentre outros e em seguida tocamos olhos, nariz e boca. Fique atento a higiene das suas mãos.


2. Quais os sintomas da COVID-19?

A diferença entre a gripe comum e a COVID-19 é a maior gravidade e a maior intensidade dos seus sintomas. Os sinais de alerta são a febre maior que 38ºC junto a um aspecto respiratório como: tosse, coriza, catarro, congestão nasal e dificuldade para respirar, podendo acontecer ainda: dor muscular, confusão mental (principalmente em idosos), dor de cabeça, dor de garganta, dor no peito, diarreia, náusea e vômito. As principais consequências podem ser o surgimento de Pneumonia e Insuficiência Respiratória Aguda.


3. E qual é o período que o Coronavírus fica incubado e por quanto tempo ele pode ser transmitido?

O tempo entre a contaminação e o início dos sintomas da COVID-19 pode variar de 5 a 12 dias e o período de transmissão de uma pessoa doente para outra sadia é de 7 dias após o início das manifestações dela. Já há relatos que essa transmissão pode acontecer mesmo que a pessoa não tenha os sintomas. A OMS e os Ministérios da Saúde já estão estudando essa situação.


4. Como estão os Números da COVD-19 no Brasil?

Os últimos dados atualizados pelo Ministério da Saúde em 14/03/2020 apontam: 1.496 casos suspeitos, 121 casos confirmados, 1.413 casos eram suspeitos mas os exames deram negativos e nenhuma morte. Há o relato de transmissão local do Vírus entre pessoas que não vieram de outros países, sendo 01 caso no RJ e outros 02 em SP.

Se você quiser acompanhar esses dados, acesso o link: http://plataforma.saude.gov.br/novocoronavirus/


5. Mas o que podemos fazer para prevenir a contaminação, não ficarmos doentes e não contaminarmos outras pessoas?

Como ainda não existe vacina para prevenção de infecção pelo Coronavírus, a melhor maneira de prevenir é evitar o contato com ele, mas devemos ter algumas atitudes que ajudam a controlar a disseminação da COVID-19. Fiz uma lista de recomendações que podemos seguir diariamente e ajudar a conter a doença:


1. Sempre que puder, lave as mãos com água e sabonete (prefira o líquido), dando atenção especial às pontas dos dedos e esfregando bem as palmas, as costas e os punhos das mãos, dando preferência por secar com toalhas de papel;

2. Se não puder lavar as mãos, faça a mesma ação, só que com álcool em gel 70%;

3. Dê atenção ao seu rosto. Sempre que puder, lave-o com água e sabonete líquido e seque com toalha de papel;

4. Evite tocar em superfícies de lugares desconhecidos e até de dentro de casa se tiver alguém gripado por lá. E se tocar, higienize as suas mãos.

5. Evite tocar olhos, nariz e boca sem as mãos limpas

6. Evite contato próximo com pessoas doentes.

7. Sempre que tossir ou espirrar, cubra a boca e o nariz com a parte de dentro do cotovelo ou usando lenço/toalha de papel descartáveis.

8. Lembre-se de lavar ou aplicar álcool em gel na parte de dentro do cotovelo e na área próxima se você espirrar ou tossir nela.

9. Procure ficar em casa e evitar contato com pessoas quando estiver doente.

10. Se você estiver doente e precisar ir a um serviço de saúde, vá de mascara e oriente quem for com você a fazer o mesmo. Lembre-se de trocar a máscara a cada 02 horas ou se ficar úmida antes desse tempo.

11. Limpe e desinfete objetos e superfícies tocados com frequência.

12. Só viaje se for muito necessário. As janelas fechadas de ônibus, aviões e carros aumentam o tempo de circulação do vírus lá dentro.

13. Deixe janelas e portas abertas para que o ar circule melhor e evite que o vírus fique circulando no ambiente por muito tempo.

14. Evite ficar em lugares aglomerados, pois afinal nunca sabemos quem pode estar doente.

15. Nas missas e cultos, prefira ficar pertos das portas e janelas (abertas, sempre) e evite abraçar e apertar as mãos. Também é bom evitar shows e espetáculos com muitas pessoas.

16. E, Fique calmo: todas as Instituições de Saúde já montaram ou estão montando estratégias para contingência, isolamentos e tratamentos de pacientes com suspeita ou confirmação da COVID-19, com base nas orientações da OMS, do Ministério da Saúde e da FIOCRUZ.


Seguindo essas recomendações, mantendo a calma, evitando o pânico e procurando os serviços de saúde na hora certa, venceremos o Coronavírus e a COVID-19 juntos.


6. O que devo fazer se perceber que estou com sintomas ou pessoas próximas a mim estão?

A recomendação é: primeiro procurar à Unidade Saúde da Família próxima de você, para que os profissionais de lá identifiquem a diferença entre a gripe comum e a COVID-19, fazendo perguntas e exame clínico. A partir daí, havendo suspeita, a pessoa será encaminhada para um hospital ou UPA de referência para exames específicos e avaliação de isolamento (no hospital ou em casa, dependendo da gravidade dos sintomas). É importante que a pessoa com sintomas de gripe e que que tenham tido contato com pessoas contaminadas use máscara cirúrgica comum se precisar estar em locais públicos. Lembre-se de deixar os hospitais e UPAs para aquelas pessoas que realmente estão doentes!


7. Onde posso Buscar mais informações sobre o Coronavírus e a COVID-19?

O segredo é ter informações verdadeiras, evitar o pânico e as fake-news!

Pesquisei e prepararei uma lista de sites que você pode buscar informações sobre o Coronavírus e a COVID-19:


1. Entrevista da Epidemiologista e Pneumologista da FICRUZ, Margareth Dalcomo falando sobre o Coronavírus: https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=236563334181009&id=142923062450160&sfnsn=wiwspwa&d=w&vh=e&d=w&vh=e&extid=xWCWDnzuLRd68zX6

2. Protocolo para acompanhamento de casos suspeitos e Confirmados: https://www.arca.fiocruz.br/bitstream/icict/40249/2/protocolo_manejo_coronavirus_ms.pdf

3. Plano de Contingência para o Coronavírus e COVID-19 do Minsitério da Saúde: https://portal.fiocruz.br/sites/portal.fiocruz.br/files/documentos/plano_contingencia_coronavirus_ms.pdf

4. Página do Coronavírus da FIOCRUZ:

https://portal.fiocruz.br/coronavirus

5. Informações sobre casos, prevenção e controle da COVID-19 no site do Ministério da Saúde: http://coronavirus.saude.gov.br/sobre-a-doenca#tratamento

6. Página do Ministério com Informações atualizadas e dados epidemiológicos do Coronavírus e COVID-19 o Brasil e Mundo:

http://plataforma.saude.gov.br/novocoronavirus/

6. Informativo da Organização pan-americana da Saúde e OMS sobre o Coronavírus e COVID-19: https://www.paho.org/bra/index.php?option=com_content&view=article&id=6101:folha-informativa-novo-coronavirus-2019-ncov&Itemid=875

7. Pricipais links de informações da COVID-19 e Cornavírus: https://www.analisepoliticaemsaude.org/oaps/

9. Protocolos de para abordagem do Coronavírus e COVID-19 do Ministério da Saúde: https://portal.fiocruz.br/noticia/novo-coronavirus-protocolos-do-ms-orientam-profissionais-de-estados-e-municipios

10. Entrevista do Diretor da FIOCRUZ sobre como enfrentar o Coronavírus e a COVID-19? https://portal.fiocruz.br/video/diretor-da-ensp-fala-sobre-orientacoes-da-fiocruz-de-enfrentamento-ao-novo-coronavirus

35 visualizações

(73) 99987-3126 (whatsApp e Cel.) / (27) 99246-7582 (whatsApp e Cel.)

Ver planos e preços

©2019 by envelhecitude. Proudly created with Wix.com